segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

 
Depois do vício (e) da paixão, o que fica?
Desnorte.
Um corpo que se não sente.
Trémulo.
Doente?
Indefinida dor.
Náusea.
Fome.
Uma tristeza sem nome.
Silêncio.

(A mim o devo.)

Etiquetas: , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Website Counter
Free Counter