segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

 

(MICRO)CONTO DE TERROR

Havia um homem que endoidecia com as mentiras que lhe diziam.

(Molhava o bico.)

Outro penava louco com o que cria que lhe sussurravam, contudo, nada era transmitido deveras.

(Bico seco, seco.)

Aqueloutro não suspirava, nem agia.

(Bico aberto.)

E um havia que acusava os outros de permanecerem quietos, como condenava os restantes se, se revelavam ousados. Persistia em fazer o que não queria, dizer o que não sentia, pensar o que jamais tentaria.

(Bico amargo.)

Todos eram tristes.

Etiquetas: , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Website Counter
Free Counter